Rio Doce Terra
                                                 
Atualizado em: 07/06/2017 às 11:07 horas                              

# Evasão

Leni Nobre


Hoje meus ombros pesam como chumbo
mas preciso caminhar.
Hoje caminharei sob as sombras
olharei sempre para o chão
e verei meus sapatos se alternarem
com meus passos.
Eu não ouvirei nada, nem meus passos
e nem mesmo o som desta explosão
me despertará.
Hoje eu não quero que vejam
meu rosto sem sorriso
nem que saibam de mim
Não quero que vejam
minhas pálpebras em relevo
ou que reconheçam em meus passos
qualquer indício de fuga.
Hoje eu não quero nem pensar
em nada.
É assim que vou sair – sem norte
para que eu mesma fuja de mim
e de meus passos
até que uma paz profunda
tome posse de mim
e eu sinta que eu deva
regressar e adormecer.