Rio Doce Terra
                                                 
Atualizado em: 11/08/2017 às 15:42 horas                              

# Equilibrando as coisas

Com este rítmo aloucado do mundo moderno, o ser humano as vezes passa a ter comportamentos um pouco despadronizados em relação aos dos anos 70 e 80. Para recarregar as baterias e retomar as atividades cotidianas, uns gostam de ir para Europa, outros para Disney , alguns curtem umas praias por aqui mesmo e outros curtem as calmarias de uma roça arcaica sem acesso à internet e os mais radicais ainda priorizam locais sem energia elétrica “como um acampamentos a beira de um riacho com amigos”. Cada um na sua né ...
Este último grupo que citei vem crescendo e uma boa parcela do ser humano vem cultivando estes costumes simples e que faz muito bem. Curtir uma noite estrelada à beira de uma fogueira ao som de um violão degustando uma cachacinha com torresmo e mandioca , para muita gente tem um grande valor.
O ser humano é um mistério, cada pessoa é um universo diferenciado. Uns sofisticados demais, outros simplórios ao extremo, mas cada um deve fazer o que gosta e curte pois precisamos nos recompor emocionalmente e psicologicamente, afinal as férias e os finais de semana acabam e a segunda-feira sempre chega. 

Se você não curte estas coisas simples da roça e não consegue sintonizar com essas idéias, siga em frente pois cada ser é um universo...Vai caçar Pokemon! O importante é estarmos centrados e equilibrados para enfrentarmos com serenidade e sem influências do meio, os obstáculos do dia a dia.
Procure a paz e o racional, só assim você vai se aproximar do seu ótimo.