Rio Doce Terra
                                                 
Atualizado em: 20/11/2017 às 16:11 horas                              

# Meio ambiente e educação (Juninho Lobo)

Insuportável é o calor o qual estamos passando ultimamente; há quem diga que a terra saiu do eixo, outros falam que é o fim dos tempos, uns afirmam que o planeta está girando ao contrário, porém, acredito que o tratamento que o bicho homem está dando à nossa morada, é a principal causa dessa tormenta ambiental como :a falta de chuva, o excesso de calor , a falta de água e outras calamidades que vem acontecendo nos últimos tempos.

Em Rio Doce no ano 2014, tivemos 546 mm de precipitação, onde o normal seria  termos tido de 1300mm à 1600mm. O que fazer diante de tudo isso?
Ainda acho que estamos no céu; tem lugar que a coisa está muito mais feia. Nosso principal córrego que abastece a cidade, hoje é um pouco mais que um mísero filete d’água.  Mas toda essa peleja que estamos passando, está sendo bom para que possamos refletir aonde poderemos chegar caso o homem não mude seu comportamento. O problema de tudo é que toda essa água que evapora diariamente, uma hora tem que descer e a previsão de termos muitas  enchentes neste ano é grande. Porém é bom prevenirmos e ficarmos atentos, pois a natureza não perdoa: Tudo que sobe, uma hora tem que descer.

Em termos ambientais, precisamos cobrar mais de nós mesmos sobre intervenções que são necessárias e inadiáveis para com o meio ambiente, caso contrário não vai sobrar ninguém, pois sem água e sem alimento não tem como sobrevivermos.


Estou cansado de discurso e blá-blá-blá, de seminários e “Ecolatinas da vida”, onde ninguém assume seu papel no processo. Precisamos de gente séria e competente que executem ações, doa a quem doer, mas em um país que tem o ensino prostituído e onde diploma virou mercadoria de prateleira, fica difícil mudar alguma coisa.
Casa sem base sólida, cai... assim dizia os bons engenheiros construtores.
Precisamos solidificar nossas bases e resgatar a educação que nunca esteve tão ruim.


Veja algumas constatações que visualizamos no dia a dia:

#Em São Paulo 50% dos médicos recém formados foram considerados inaptos a exercer a profissão (manchete do portal UOL),
# 529 mil estudantes que fizeram ENEM conseguiram a façanha de tirar nota zero em redação (manchete da UOL e telejornais).
#Reprovação em escolas por falta de conhecimento e aproveitamento no aprendizado, praticamente não existe no país, tanto em escolas públicas quanto em particulares , salvo“raríssimas exceções”.

Como se pode construir uma nação dessa forma?
Precisa falar mais alguma coisa?