Rio Doce Terra

# Sabiá Laranjeira

Cláudia Pena Miura
Bióloga
 


Certa vez quando ainda estudava em viçosa ,comecei a observar um canto , ou melhor, uma melodia que tocava próxima à minha janela todos os dias ao amanhecer . Aquele canto passou a me encantar por sua beleza e resolvi pesquisar que ave era aquela que me acordava de maneira tão sutil. Pesquisando no museu de zoologia  da UFV, recebi informações de que se tratava do Sabiá – laranjeira, cientificamente conhecido como Turdus  rufiventris. É uma ave popular  conhecida como o pássaro que canta na estação do amor, ou seja, na primavera. Foi imortalizado na “Canção do Exílio “ de Gonçalves  Dias. Em 03 de outubro de 2002 , por decreto do Presidente Fernando Henrique Cardoso , juntou-se oficialmente aos outros quatro símbolos nacionais. Segundo o ornitólogo Johan Dalgas  Frisch são doze espécies de sabiás no Brasil.


 
Classificação Científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Aves
Ordem: Passeriformes
Família: Turdidae
Espécie: Turdus rufiventris


  É uma ave de 25 cm e de canto apreciado semelhante a uma flauta. Canta principalmente  ao  alvorecer  e  à  tarde. É uma ave que convive bem  com ambientes modificados  pelo  homem , seja no campo  ou  na cidade, desde que tenha oportunidade de encontrar abrigo e alimento. Machos e fêmeas constroem o ninho juntos e sua alimentação se compõe basicamente de insetos,larvas, minhocas e frutas maduras.