Rio Doce Terra

# Viscount

 

Juninho Lobo

Viscount

O Vickers Viscount é um avião turbo-hélice de médio-alcance fabricado pela Vickers-Armstrongs com início de suas atividades em 1953. Foi um dos mais bem sucedidos aviões da geração pós-guerra, sendo construídos no total 445 aparelhos. Era mais silencioso e tinha menos vibrações do que os outros aviões de sua época. O elegante e confortável turboélice inglês Vickers Viscount, foi o primeiro avião comercial equipado com motores a turbina, e representou um salto tecnológico considerável e um grande triunfo da indústria aeronáutica britânica

A partir de seu lançamento, o Viscount não despertou muito interesse das empresas aéreas devido a sua reduzida capacidade de passageiros (32), mas pouco tempo depois ele teve sua estrutura alongada e sua capacidade de transporte de passageiro cresceu significativamente para (43).
Esse novo modelo denominado Viscount V-700 decolou pela primeira vez em 28/08/1950

 

Viscount no Brasil

A aeronave interessou a VASP, que então operava uma frota de aeronaves Douglas DC-3 e SAAB Scandia. A empresa, então uma estatal paulista, desejava modernizar sua frota e ampliar suas atividades, e o Brigadeiro José Vicente Faria Lima, Presidente da VASP na época, firmou um contrato com a Vickers Armstrong encomendando cinco aeronaves novas do modelo V-827, uma versão alongada dos antigos V-700 e com quatro motores Dart de 1991 HP, capaz de levar 56 passageiros confortavelmente instalados.
O primeiro avião, matriculado PP-SRC, chegou em Congonhas em 28 de outubro de 1958, e foi apresentado oficialmente ao público em uma série de vôos rasantes sobre a pista de Congonhas. Em uma das passagens, o comandante embandeirou três dos quatro motores e sobrevoou a pista facilmente, com apenas um deles funcionando, impressionando até mesmo os tripulantes e mecânicos mais experientes presentes ao evento.

Outros três Viscount, matriculados PP-SRD, PP-SRE e PP-SRF, chegaram ainda em 1958, e o último, o PP-SRG, chegou em janeiro de 1959.
A aeronave logo ganhou a preferência dos passageiros. O Viscount podia voar a 352 MPH (566 Km/h), era muito mais rápido que qualquer aeronave a pistão da época. Além disso, voava bem mais alto, entre 23 e 26 mil pés, acima da maior parte da turbulência enfrentada pelos outros aviões que, sem pressurização, costumavam voar entre 6 e 8 mil pés.

Por essa época, os Viscount da VASP passaram a ser os transportadores oficiais das candidatas a Miss Brasil, um dos mais refinados e prestigiados evento sociais dos anos 1950 a 1960. Era o máximo do glamour! Uma outra característica marcante dessa aeronave, eram suas enormes janelas panorâmicas , que permitia aos passageiros imagens belíssimas da viagem.
Em 1969 começou o processo de aposentadoria destes aviões no Brasil em virtude de manutenções necessárias e inviáveis a se fazer na época.


Viscount (2º avião presidencial)

O Vickers Viscount FAB VC 90 foi o segundo avião presidencial do governo brasileiro. Sua aquisição foi feita no final dos anos 50, da Vickers-Armstrong para atender o presidente Juscelino Kubitschek e substituir o avião anterior VC 66, por ser limitado em autonomia e ter pouco conforto.
Foram encomendados 2 unidades, que ficaram designados como VC 90 2100 e VC 90 2101. Sua configuração contava com 71 assentos e 4 motores Rolls-Royce Dart.
Este avião foi bastante usado pelo presidente Juscelino Kubitschek para acompanhar a construção da nova capital Brasília. Foi desativado na gestão do presidente João Figueiredo.1
O modelo 2101 encontra-se hoje no Museu Aeroespacial no Rio de Janeiro. O modelo 2100, por sua vez, foi comprado em um leilão da massa falida da VASP pela prefeitura do município paulista de Araçariguama, por R$ 80 mil, e foi restaurado a um custo de R$ 20 mil. A aeronave foi instalada em sua praça principal (Praça Alberto Santos Dumont), como atração turística, para homenagear os cem anos do primeiro vôo do 14-Bis. Com a reforma, foram instalados 70 lugares no interior do avião para transformá-lo em cinema, inaugurando o Cine Avião, devido à inexistência de salas de cinema tradicionais na cidade.